MAIO LARANJA – Uma campanha nacional de enfrentamento da violência sexual contra crianças e adolescentes.

Maior Laranja - Campanha Nacional de enfrentamento da violência sexual contra crianças e adolescentes

MAIO LARANJA – Uma campanha nacional de enfrentamento da violência sexual contra crianças e adolescentes.

O Maio Laranja alerta para o aumento de casos de abuso sexual de crianças e adolescentes. A campanha foi instituída em função do Dia Nacional de Combate ao Abuso e Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes, em 18 de maio. A escolha desta data é em memória a menina capixaba “Araceli Crespo”, um crime que chocou o país na época.

A lei 9.970 foi instaurada no ano 2000 e desde então todos os anos no mês de maio trabalhamos a conscientização e prevenção ao abuso e exploração sexual de crianças e adolescentes. Uma pauta muito importante para ser discutida não só neste mês como em todos os outros.

Por que defender essa causa?

Segundo as estatísticas do Painel de Dados da Ouvidoria Nacional de Direitos Humanos (ONDH/MMFDH), somente em 2022, até o dia 13 de maio, foram contabilizados 53,8 mil registros de denúncias de violência contra crianças e adolescentes. Destas, 7,1 mil são de violência sexual. Os números revelam ainda que a maioria das violações ocorre na casa onde residem a vítima e o suspeito (28,4 mil).

No Lar Jesus o mês de maio iniciou-se com a participação dos educadores e equipe técnica no evento realizado pela prefeitura de Osasco, abrindo a Campanha de combate à prevenção da violência e abuso sexual de crianças e adolescentes.

As atividades elaboradas para conscientização de todos os nossos beneficiários foram organizadas pelos educadores e oficineiros e adequadas para cada faixa etária e desenvolvida de forma lúdica.

Com os beneficiários realizamos roda de conversa onde apresentamos a campanha, a lei e introduzimos o tema com um vídeo do plenarinho (https://www.youtube.com/watch?v=e5R0sQ9QWkM), que explicava numa linguagem simples e direta a importância da prevenção ao abuso e violência sexual infantil.

Roda de Conversa sobre o tema

Durante a roda de conversa, os beneficiários trouxeram seu conhecimento prévio e percepções que tinham a respeito do assunto no meio social onde convivem, possibilitando que esclarecêssemos dúvidas e reforçássemos os cuidados.

Dia 18 de Maio #ABUSONAO

No dia 18 de Maio, realizamos um evento dentro da instituição onde fizemos algumas apresentações. Dentre elas, uma dinâmica conhecida como “Farol do toque”, onde dois educadores representados pelo sexo masculino e feminino, explicaram de forma de lúdica os pontos do nosso corpo que podem ou não ser tocados, exigindo atenção e respeito com o outro e consigo mesmo.

“Farol do Toque”

Foram realizadas também apresentações teatrais pelos beneficiários onde eles representavam situações de abuso e como preveni-lo. Diante das apresentações pudemos perceber quais os entendimentos cada um teve sobre a abordagem.

Finalizamos a semana de abordagem do tema realizando um passeio a secretaria de assistência social de Osasco onde os adolescentes assistiram uma peça teatral que trazia o tema como conscientização e prevenção, e com informativo a todas as famílias dos beneficiários no encontro socioeducativo dia 21 de maio.

Nossa educadora Claudia com a turma dos adolescentes.

Disque 100

A central recebe denúncias de abuso e exploração contra crianças e adolescentes diariamente, 24h, inclusive nos finais de semana e feriados.

As denúncias são anônimas e podem ser feitas de todo o Brasil por meio de discagem direta e gratuita para o número 100

ou 190 (Polícia Militar).